Feliz Dia dos Namorados!!

domingo, 12 de junho de 2011

12 de junho. Dia dos Namorados . E o que vemos pelas ruas são garotas preocupadas com o melhor presente, garotos tentando escolher algo que agrade a parceira, casais trocando presentes. Todos se reconciliam, esquecem as brigas e mágoas, vivem felizes para sempre. Que romântico! Até parece que sim. Mas esse ‘sempre’ dura um ou dois dias. Passado o ambiente de romantismo, volta a intolerância, o ciúme exagerado, a desconfiança, as brigas. Todos os ressentimentos do passado, esquecidos durante aquele dia, voltam com a mesma intensidade de antes. Os presentes ficam guardados na gaveta. Afinal, do que serviu o Dia dos Namorados? Para encantar os corações dos apaixonados? Para deprimir as solteiras? Deveras fosse. A única e exclusiva função dessa data é movimentar o comércio. Quem você acha que foi o maior beneficiado? Quem, afinal, teve a brilhante ideia de comemorar um relacionamento, no qual as pessoas sentem-se obrigadas a presentear o parceiro? As empresas, meu bem. Os chefões do capitalismo. Diga-me, qual a diferença desse dia? O sol está mais próximo da terra? A lua está mais brilhante? O céu está mais límpido? Os seus bosques tem mais vida e sua vida, mais amores?  Que nada! Qual é, afinal de contas, a diferença? Responda-me, o que acontece de diferente?! Você gasta mais dinheiro. Seu namorado gasta mais dinheiro. Os casais gastam mais dinheiro. As empresas ganham mais dinheiro. O capitalismo ganha mais força. Capital de giro, é assim que eles chamam, talvez. Essa é a capitalização do sentimento. E você ai, sentindo-se rejeitada porque suas amigas compraram presentes, você sentindo-se mal-amada porque seu namorado não te deu algum presente. Comemore! Não caiu na teia dos cartéis. Mas você é tão tola que não consegue enxergar. Vê tudo através de lentes coloridas, vermelhas, que é a cor do amor. Não vê a ridicularização dessa troca de presentes. É tudo história do capitalismo! É tudo papo furado! Não tem nada de romântico nessa data. Nada. É só mais um maldito dia, mais um fodido feriado, como aquele em que você presenteia sua mãe, que você tem vergonha de apresentar aos amigos; presenteia seu pai, que te faz pagar um mico quando te leva na escola; presenteia suas crianças, as quais você espanca como forma de educação; presenteia sua avó, que você só visita para pedir dinheiro. São todos dias fodidos. Todos.

Dhay Souza

4 comentários:

Caco Alcino disse...

O dia dos namorados é só um pretexto pra vender chocolates e dobrar o preço das suites no motel

Hildes Cristina ;* disse...

É isso aê! :D

graciélelongo. disse...

amei aqui, seguindo. se quiser seguir de volta: http://diaryofagirl97.blogspot.com/ .

Dhay S. disse...

graciélelong,

Fico feliz que gostou, e obrigada por seguir.
Com certeza vou dar uma olhada no seu também (:

Postar um comentário